BLOG

Música ajuda no aprendizado?

13 de julho de 2017

Música ajuda no aprendizado. Isso é realmente verdade?

Essa é uma matéria para você repensar o jeito como vê o estudo da música e a escolha das atividades que procura estimular em seu filho desde cedo. É bem normal que os pais procurem alguma atividade extra para os pequenos praticarem, e a maioria dá um foco maior para atividades físicas como balé, judô, natação ou futebol. E isso é ótimo! Mas não podemos nos esquecer que existem outras atividades que são tão benéficas quanto as físicas, e merecem estar na vida deles paralelamente, como a música.

As escolas costumam ter o aprendizado da música uma vez por semana. Desde cedo, o Beka estimula seus alunos a terem um contato frequente com diferentes sons, tanto em atividades quanto com a aulinha de música, até para nossos bebês. E é importante que, fora do ambiente escolar, esse estímulo continue sendo constante, porque ajuda no desenvolvimento intelectual, facilitando a alfabetização, a concentração e a paciência.

Mas, como tudo isso acontece ao estudar música?

O primeiro a mapear efeitos de programas educacionais de música no cérebro foi o The Journal of Neuroscience, que descobriu que a música atua na área do cérebro onde acontece o processamento de sons que, por sua vez, é também responsável pelas habilidades linguísticas como a leitura e a comunicação verbal.

“O cérebro nasce com determinado número de neurônios e cada aprendizado ajuda a formar um circuito de memórias. A música ajuda na medida em que desenvolve os sentidos, ensina padrões rítmicos, habilidade sensório-motora e estimula até o raciocínio matemático e aritmético”, diz Antonio Carlos de Farias, neurologista infantil do Hospital Pequeno Príncipe.

Outro grupo de pesquisadores, dessa vez da Northwestern University, nos EUA, com foco em descobrir os efeitos da música para o aprendizado das crianças, tiveram alguns bons resultados para nos contar a partir de diversos testes realizados.

Os resultados comprovaram que a música estimula a plasticidade do cérebro, aquele assunto interessante que já conversamos nessa matéria sobre o cérebro jovem.

A plasticidade estimulada conduz a uma maior capacidade de mudança e adaptação ao longo da vida, além de facilitar o aprendizado de novos conteúdos para aquele momento da vida de uma criança.

Um dos processos mais demorados é a alfabetização. São anos ensinando uma criança desde como se juntam as sílabas até como uma frase pode ser explicitada em outro modelo, com o mesmo sentido, aumentando o vocabulário e permitindo o aprofundamento em análises gramaticais. Ufa!

A alfabetização é um processo de códigos, assim como a música, em que é necessário aliar leitura das notas, ritmo e melodia, tudo isso com paciência de entender que não se sai tocando uma música no primeiro dia de aula. Há muito a aprender!

Os estudos da Nothwestern University comprovaram que crianças que aliam a música enquanto estão no início do aprendizado, desenvolvem um vocabulário mais extenso do que os demais, pela facilidade que o cérebro encontra de lidar com códigos de todos os tipos, e assim, adquirir conhecimento. Ou seja, a formação das sílabas fica muito mais natural, pois é um processo de decodificação.

Além disso, a criança começa a entender a importância da paciência, persistência e desenvolve mais facilmente o poder de se concentrar em uma atividade, mesmo que esteja em um ambiente não favorável. A música ensina que é necessário ter essas três habilidades, porque quanto mais desenvolvidas, mais resultado ela terá depois de algum tempo. Não é questão de aprender uma música em um dia, e sim de aprender como decifrar os códigos musicais, aprendê-los de maneira que pareçam tão naturais que a música começará a ser entendida, e não apenas tocada.

A música é uma das coisas mais difíceis e demoradas para aprender. Quando um aluno começa a estudar e quer sair tocando, muitas vezes até pensa em desistir. Logo, ele aprende que é preciso esforço, treino, perseverança”, afirma André Barreto, professor e coordenador da área de música da Escola Suíço-Brasileira de São Paulo.

ÚLTIMOS EVENTOS

Estude sem sair do smartphone

5 de Abril de 2018

Estude sem sair do smartphone

  Exatamente isso: você pode estudar com o celular ao lado, que pode ser um grande aliado se você souber usá-lo! É verdade que ele pode tirar nossa concentração, mas com essas dicas, você vai entender direitinho como torná-lo um parceiro.   Ah, mas é difícil sair do Facebook!   E você tem razão.   […]

LEIA MAIS
Jornada Avalia e Habilmente: Indicadores

15 de Março de 2018

Jornada Avalia e Habilmente: Indicadores

Existem alguns indicadores que ajudam a escola a entender melhor o desempenho da turma e do aluno, permitindo a tomada de ações para o melhor desenvolvimento de cada um. Dois deles são: Avalia e Habilmente. Utilizamos os dois aqui no Colégio Beka em complemento para um trabalho 360º. Veja como:   Avalia A Jornada Avalia […]

LEIA MAIS
BE Project – Saiba o que é!

24 de Janeiro de 2018

BE Project – Saiba o que é!

Com o objetivo de ampliar as horas de Speaking e Listening em Língua Inglesa, o colégio criou o projeto BE, aulas extra, oferecida a todos os alunos durante o ano todo, ampliando os momentos de conversação e tornando um costume ouvir em inglês.   As aulas do Projeto BE vão se transformando e ganhando novos […]

LEIA MAIS

NEWSLETTER

Receba nossas news cadastrando seu email

O E-MAIL é obrigatórios. Ocorreu um erro, por favor tente novamente mais tarde. Cadastro realizado com sucesso!

marque uma visita

ou ligue para nós:
(11) 3935-5019